sexta-feira, 9 de maio de 2014

Moda Japonesa e suas contribuições.


Já foi-se o tempo que se falava de moda japonesa e quimonos e sandálias de madeira eram associados.
Na década de 80 a moda conheceu um grupo de estilistas japoneses que trouxeram tamanha inovação pro universo fashion que jamais as roupas foram as mesmas.
A imprensa da época ficou sem fôlego quando surgiram Rei Kawakubo, Yohji Yamamoto e Issey Miyake. Esse trio apesar de não ter feito muito sucesso em seus primeiros desfiles criaram uma revolução na moda naquela época, revolução essa que nos deu de herança a cultura japonesa de um jeito não tão óbvio quanto costumávamos pensar.
Vera Gertel disse numa ocasião: "A chave do seu sucesso foi o mergulho inspirador não em valores exóticos como gueixas e samurais mas sim na gente comum dos tempos de antigamente. (...) O resultado foi o aparecimento de roupas cujos panos são trabalhados, cortados, recortados, originando formas amplas, longas , bizarras, moles e pedantes, jamais vistas até então.(...)"
Esses estilistas são exemplo de trabalho e sucesso ao longo dos anos e seu trabalho é inovador e diferenciado.
Ainda hoje, em algumas ocasiões os tradicionais quimonos e sandálias de madeiras são utilizados como referência de moda japonesa, mas com a disseminação da informação, essa nova leva de estilistas contemporâneos pôde mostrar seu trabalho e este ficar conhecido por mais pessoas.
A dona da marca Comme des Garçons, Rei Kawacubo é prova de que a moda japonesa não está pra brincadeira e inova a cada lançamento de coleção:


Desfile de 2012 da Comme Des Garçons



Desfile de 2012 da Comme Des Garçons



Desfile de Primavera-Verão 2012 da Comme Des Garçons



Desfile de Primavera-Verão 2012 da Comme Des Garçons

Este editorial abaixo feito pela Vogue mostra bem essa "caracterização" japonesa da qual eu havia falado. Mesmo bastante caricato o editorial é bem bonito, mas devemos desmistificar essa imagem "samurai" e "gueixa" que temos do Japão, eles são bem mais que isso.













O editorial abaixo, em compensação une as duas características citadas acima. Logo em seguida tem o vídeo com o backstage das fotos, e a gente pode perceber todo um clima que foi criado mesmo no estúdio pra fazer as fotos.
O fotógrafo é Ronald James e o esporte escolhido foi o Kendo, uma arte marcial moderna que foi desenvolvida a partir de técnicas tradicionais de combate com espadas dos samurais do Japão feudal.










 Espero que tenham gostado, e até a próxima!